Porto IX | Avenida dos Aliados & Chocolataria Equador

by - 20 janeiro

Conforme combinado, hoje trago-vos um olhar pela Avenida dos Aliados ao anoitecer. Da primeira vez que fui ao Porto não aproveitei esta Avenida tanto quanto gostaria e desta vez dei-lhe especial atenção porque é uma avenida curiosíssima a nível arquitectónico. Como não podia deixar de ser, merece ser registado. Mais ainda, trago também a Chocolataria Equador, na Rua das Flores, que também existe cá por Lisboa. Por aqui, conhecidos da Chocolataria Equador? Visitantes assíduos da Avenida dos Aliados?



A Avenida dos Aliados, para além de ser um elemento urbano de grande importância, é também onde costumam haver as ditas reuniões festivas nas datas mais marcantes para nós. Até o Papa já foi recebido aqui! 




As grandes sedes bancárias concentram-se aqui, nos edifícios tão encantadores que reservam mil e um pormenores. Pormenores esses que nos convidam a um passeio demorado pela avenida acima, atentando aos pormenores das fachadas ou até dos próprios postes de iluminação.










Em tempos, quando o metro ainda não passava pelos Aliados, houve um jardim na avenida que a caracterizava. Hoje, graças a Siza Vieira e Souto de Moura, o jardim deu lugar a uma calçada contínua do início ao fim da avenida. Há quem odeie, há quem goste. Não tive oportunidade de a ver em jardim, mas não desgosto de a ver assim. Acredito que o jardim tenha outrora dado um ambiente mais romanesco à avenida mas a sociedade evolui e a arquitectura evolui connosco o que, quer queiramos quer não, nem sempre se traduz numa mudança maravilhosa. Contudo, penso que hoje seja possível encontrar uma Avenida dos Aliados que espelha a cidade; a evolução do Porto passa um bocadinho (muito!) por aqui.




Por fim, a chocolataria. Encontrámo-la na Rua das Flores, uma rua linda e inovadora onde tivemos o prazer de pernoitar já por duas vezes. A rua está cheia de pequenos espaços encantadores. Perco-me no meio de coisas bonitas. Ora um café acolhedor. Uma mercearia curiosa. Um artista de rua talentoso. Uma música de fundo que nos embala. Outro café maravilhoso. Montras convidativas. Arquitectura de se tirar o chapéu... Sim, é assim a Rua das Flores. E se não as conhecem, meus caros, não sabem o que perdem! Ide conhecer. Se são do Porto e não passam lá tantas vezes quanto gostariam, mudem a vossa rota, façam um desvio. Se não são, quando visitarem o Porto, incluam um pequeno almoço num espaço bonito desta rua, pela vossa felicidade!



Pelo meio, perto do nosso hostel, tropeçámos na Chocolataria Equador. Eu cá não sou assim tão fã de chocolate - confesso - mas o Fred é e foi isso que me levou a olhar mais do que dois minutinhos para ela. Confesso também que, se não fosse assim tão bonita, provavelmente não entraria. Mas é. E ainda que seja uma loja pequenina, é cheia de graça; há pormenores encantadores, uma decoração em tom chocolate - claro! - e uma funcionária que era uma simpatia.



O nome vem de uma região conhecida como produtora de cacau mas o chocolate que aqui encontramos é 100% artesanal e 100% português! O chocolate vem até nós das mais diversas maneiras; há trufas, bombons, grandes tabletes ou pequenas barras. Todos eles com a garantia de máximo sabor a chocolate a cada bocadinho. 





Eu não provei - shame on me! - mas não por falta de vontade. Provou o Fred por mim, na barrinha de chocolate com framboesa que lhe trouxe. Se gostou? Ora, enquanto verdadeiro apreciador de chocolate, atrevo-me a dizer que da vez próxima posso trazer-lhe outro.




Com isto, meus caros, não só devem percorrer a Avenida dos Aliados e a Rua das Flores como parar aqui, na Chocolataria Equador e provar nem que seja um bombom! Por hoje fico por aqui nesta (longa) partilha da minha ida ao Porto. Amanhã há mais, numa ida ao Palácio de Cristal. E depois do Palácio de Cristal houve um regresso a Lisboa e as partilhas do Porto terminam. Mas Lisboa é linda e também tem espaços bonitinhos a conhecer, querem apostar? Fiquem por cá!

You May Also Like

0 comentários