ARCHinspiration | Cobogós

by - 12 junho

Decidi trazer a arquitectura para o blogue. Não a minha - para já! - mas aquela que me inspira. Pesquiso aqui e acolá sempre na esperança de encontrar algo que me inspire e que me ajude a chegar à minha ideia.
Nesta coisa de criar, há também que saber olhar. Assim vou ganhando uma cultura arquitectónica, pouco a pouco. Mas há sempre vezes em que digo que "vi uma fachada super gira!" e depois "só não me lembro onde". Esqueço-me de registar. No meio de tanta arquitectura, tanta inspiração, perdem-se os nomes e as localizações daquelas obras fantásticas. Assim se cria a nova rubrica do blogue (...) Para hoje, cobogó é a palavra-chave.


Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann, António de is - foram estes os senhores que trouxeram este elemento para a arquitectura. Um elemento que costuma dar-nos as fachadas vazadas, tão bonitas. Vêmo-las desde o século XX, mais coisa menos coisa. Eram elementos de cimento mas no entretanto da evolução arquitectónica chegaram até nós também em cerâmica, argila ou vidro. 



Para além de serem uma solução para evitar o aquecimento nas casas ou o efeito de estufa, se preferirem, permite criar ambientes interiores maravilhosamente bem conseguidos a nível de ventilação natural e de filtração da luz. 





{ imagens via pinterest }

You May Also Like

0 comentários